A Próstata

Próstata

Principais alterações:

  •  O que é próstata?     
       

          A próstata é um órgão interno masculino, fica  abaixo da bexiga e pesa cerca de 20 gramas. Tem função de secretar um líquido que se junta à secreção da vesícula seminal para transportar os espermatozoides que vem dos testículos, sendo que o conjunto forma o sêmen.
Dentro dela ocorre a transformação do principal hormônio masculino: a testosterona se transforma em diidrotestosterona, que, por sua vez, é responsável pelo controle do crescimento dessa glândula

Patologias Benignas da Próstata:
 

  • Hiperplasia Prostática Benigna (HPB)

 

 O crescimento normal da próstata relaciona-se com o avanço da idade do homem. A partir dos 31 anos, ela passa a crescer 0,4 g por ano, podendo atingir volumes de 60g a 100g.


        Atenção: A HPB e o câncer de próstata possuem alguns sintomas parecidos. Os pacientes com HPB que se encontram em tratamento devem ser submetidos a exames anuais, para acompanhar a evolução da melhora, como também para detecção precoce de câncer nessa região.

 

Sintomas:

    ◦    Atraso para iniciar a micção
    ◦    Esforço para finalizar a micção
    ◦    Prolongamento do tempo de micção
    ◦    Jato miccional entrecortado, dividindo a micção em 2 ou mais tempos
    ◦    Dificuldade para urinar com bexiga cheia
    
Tratamento da Hiperplasia Prostática Benigna


    ▪    Com remédios – Alfabloquedores e inibidores da 5-alfa-redutase
    ▪    Tratamentos pela uretra (canal) quando a próstata tem menos 80 g;
    ▪    Ressecção Transuretral Monopolar;
    ▪    Ressecção Transuretral Bipolar;
    
    ▪    Tratamento por cirurgia quando a próstata tem mais de 80g;
    ▪    Prostatectomia a céu aberto (abrindo a barriga);

  • Prostatite

             Inflamação da glândula prostatica, pode ser de causa infecciosa ou inflamaria. Apresenta sintomas semelhantes a infecção urinaria no homem. 
            O tratamento da Prostatite é feito com o uso de antibióticos por um tempo prolongado, associado a analgésicos 

    

         

Câncer de Próstata

          Atualmente é a neoplasia mais frequente do homem e a segunda com maior mortalidade, no entanto, se descoberto precocemente tem alta chance de cura.

  • Porque acontece? 
     

          Ocorre quando algumas células começam a se multiplicar desordenadamente aumentando muito seu número até que invadem órgãos próximos ou distantes atrapalhando seu funcionamento.

  • Quais os fatores de risco?
     

         Idade (principalmente homens com mais de 50 anos), etnia (negros), hereditariedade (história familiar) e obesidade, são fatores claramente já associados ao desenvolvimento do câncer de próstata.

  • O que posso fazer para prevenir?
     

          Alimentação saudável, controle da obesidade, prática de exercícios físicos regularmente e consulta médica de rotina podem ajudar na prevenção. 
        

  • Por que fazer consulta de rotina?
     

         O câncer de próstata é uma condição silenciosa na esmagadora maioria dos casos, motivo pelo qual a realização da dosagem do PSA e exame físico através do toque retal, a partir dos 50 anos, é ainda a melhor forma de se realizar o diagnóstico precoce dessa doença. Quando a doença é diagnosticada em fase avançada, sintomas como dificuldade para urinar, hematúria (sangramento na urina) e dores ósseas, podem acontecer. O diagnóstico precoce é fundamental e se associa a elevadas taxas de cura.

  • Quando investigar?
     

       De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia deve ser realizado para todos os homens com mais de 50 anos, anualmente, ou, a partir dos 45 anos para pacientes negros ou com história familiar de câncer de próstata. E a qualquer momento se apresentar sintomas.

  • Como investigar?
     

          O PSA e toque retal servem como rastreamento para o câncer de próstata. Se houver alteração poderá necessitar de uma biopsia prostatica. O uso da ressonância magnética pode ser muito útil para investigação dessa patologia, porém,  a biópsia prostática guiada por ultrassom ainda é considerada o exame padrão ouro para realização do diagnóstico.

 

  • Exame de Toque Retal


          Representa a forma mais acurada de se identificar casos de Câncer de Próstata. Não é um exame “antigo” ou “superado”, não compromete a masculinidade, nem é indigno.

  • Qual o tratamento? 

           Uma vez diagnosticado, o câncer de próstata possui inúmeras formas de tratamento, sendo a cirurgia radical (prostatectomia radical), considerada o padrão ouro para as doenças localizadas. Quando diagnosticado nas fases iniciais devemos ter como objetivos a cura, e manutenção da continência e potência do paciente. Tais metas apresentam menor sucesso em pacientes mais idosos e com doença em estágio mais avançado.